quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Calculo da quantidade de terra para um aterro

   Olá pessoal, hoje vamos falar de algo bem interessante, o aterro para nivelamento de terreno.
   Vamos aprender como calcular a quantidade necessária de terra, para que niguém saia em desvantagem. 

                            C Á L C U L O  DA  Q U A N T I DAD E  D E  T E R R A:

    O cálculo da quantidade de terra para fazer o nivelamento de um terreno dependerá da topografia e da disponibilidade de matéria-prima dentro da própria área. Mas, antes de iniciar o trabalho, é preciso limpar toda a extensão do terreno, removendo a grama, raízes e qualquer vegetação ainda existente. Depois, deve-se avaliar a necessidade de projetar uma barreira no aterro, que pode ser um muro de arrimo. 10 m 30 m 10 m Guia Rua 1 m Área de corte de compensação. Nos casos em que o terreno está acima do nível da rua, o primeiro passo é fazer um corte de compensação. A terra é retirada do ponto mais elevado do lote e colocada no ponto mais baixo. Assim, toda a área acaba ficando nivelada. Esse nivelamento pode estar ou não alinhado com a rua, dependendo do projeto. Se a terra do corte de compensação não for suficiente para fazer o aterro, será preciso adquiri-la (importar) de outros lugares ou jazidas. Se, por outro lado, o volume de corte for maior que o volume do aterro, a quantidade excedente de terra deverá ser descartada. Suponha que em um terreno de 10 m x 30 m, seja preciso nivelar a área a 1 m de altura a partir da guia (meio-fio). Nesse exemplo, a profundidade do terreno a ser nivelada é igual a 10 m. O cálculo do volume necessário de terra para o aterro é feito com base no cálculo do volume do triângulo: base x altura do triângulo x largura do terreno 2 10 m x 1 m x 10 m = 50 m3

A C R É S C I M O  E  C O M PA C TA Ç Ã O  D E  T E R R A
  
Exemplo: um lote de 10 m x 30 m, está abaixo do nível da rua, e a terra precisará ser importada. Como o material para o aterro não provém do próprio terreno, é necessário observar o tipo de terra a ser trazida das jazidas (mais arenosa ou mais argilosa), pois ela terá de ser compactada. Assim, adiciona-se ao volume calculado uma média de 30%, considerando-se o excesso como volume a ser compactado. 30 m x 4 m x 10 m = 600 m3 2 30% de 600 m3 = 30 x 600 = 180 m3 100 Resultado: Volume do solo solto = 600 m3 + 180 m3 = 780 m3 4 m 10 m Guia Rua Área de aterro Muro de arrimo 30 m. Nos casos em que a terra tenha que ser importada, ou seja, trazida de outro local, sempre se recomenda fazer uma análise do solo do terreno, pois ele influenciará no volume de terra necessário para o aterro.A porcentagem de 30% a ser adicionada é variável e dependerá do tipo de solo. Se for arenoso, menos denso, exige uma maior quantidade de solo. Se for argiloso,mais denso, exigirá menor quantidade de terra. IMPORTANTE Volume do solo compactado = Aumento de volume na área de empréstimo.


Saiba como calcular a quantidade correta de terra a ser usada em um aterro.

A área onde será realizado o aterro
Primeiramente, deve-se saber a área que será aterrada. Para calcular a área, multiplique a largura pelo comprimento do local onde será executado o aterro.
Exemplo:
Em um 
terreno de 5m de largura por 25m de comprimento, deve-se fazer 5x25 = 125m²
Se a área for "irregular", ou seja, com dimensões diferentes de frente, fundo e laterais, utilize uma média para obter a área aproximada.
Exemplo:

Em um terreno com 5m de frente e 7m de fundo, lado direito com 20m de comprimento e lado esquerdo com 27m de comprimento, deve-se fazer:
- Média da largura: 5m + 7m = 12m / 2 = 6m de largura média.
- Média de comprimento: 20m + 24m = 44m / 2 = 22m de comprimento médio.
Cálculo de área: 6m x 22m = 132m² aproximadamente.

A altura média do aterro

Se a área onde será executado o aterro é plana e nivelada e o mesmo também será plano e nivelado, conclui-se que a altura de aterro é fixa.
Caso a área onde será executado o aterro seja irregular e o aterro seja plano e nivelado, ou ainda, o contrário das condições citadas, deve-se calcular a altura média de aterro.

Exemplo:

Em um terreno em declive, onde na frente deve-se aterrar 1m e nos fundos deve-se aterrar 4m, a média seria a soma dos valores dividida pela metade, ou seja: 1m + 4m = 5m / 2 = 2,5m de altura média de aterro.

Empolamento, compactação e diminuição de volume

A terra em estado natural, após muitos anos de repouso, está em estado "compacto". Ao ser escavada, seu volume aumenta devido ao acréscimo de ar entre os grãos que a compõe, tornado-a "fofa e solta". À isto dá-se o nome de "Empolamento".

Quando realiza-se um aterro para criação de jardim
ou plantio, a terra é apenas depositada e espalhada no local. Neste caso, com a ação natural da água e outros fatores naturais, imagina-se que seu volume diminuirá entre 10~15% a curto e médio prazo.

No entanto, quando o aterro é realizado para construção civil, deve-se realizar um trabalho de compactação de solo, onde o volume diminui de 30 a 50% de acordo com o tipo de terra utilizado, logo após a compactação realizada juntamente com o aterro.

Considerando-se o uso e a necessidade ou não de compactação, deve-se levar em consideração a diminuição do volume na hora de solicitar o fornecimento de terra para um aterro e sempre adquirir
um volume excedente de terra.
Calculando a quantidade de terra para um aterro (volume)

Com base nos itens citados anteriormente, deve-se fazer o seguinte cálculo: Área x Altura + Excedente Previsto.
Exemplo:
Área de 200m² com altura média de aterro de 2m para construção de edificação.
Logo, 200m² x 2m = 400m³ + 40% (excedente previsto devido à necessidade de compactação do solo) = 560m³.
Pessoal, isso é resultado de algumas pesquisas, se alguém tiver mais dicas e experiências compartilhem, é sempre muito bem vindo!

2 comentários:

  1. Como que eu calculo aclive de 5% de um terreno de 50x20, quanto vai valer este 5%?

    ResponderExcluir
  2. Tenho uma área de 17ha e necessidade de cobrir a mesma com 30 centímetros de nova terra. Quanto será necessário e quantas carradas de 15 Ton irei utilizar?

    ResponderExcluir